Inventário Florestal

O que é um Inventário Florestal?

Inventários Florestais: “são procedimentos para obter informações sobre quantidades e qualidades de recursos florestais e de muitas características das áreas sobre as quais as árvores estão crescendo” – Husch ET al. (2003).

É o registro com informações qualitativas e quantitativas sobre as espécies vegetais ocorrentes em uma determinada área. São coletadas informações sobre o estado fitossanitário de cada indivíduo e dados dendrométricos: número de indivíduos por espécie, DAP, CAP, altura, etc.

O inventário florestal é uma ferramenta para o planejamento das atividades de exploração e do manejo da área em questão. A aplicação do inventário florestal vai de encontro ao objetivo principal do tipo de levantamento desejado, desde o reconhecimento de uma área a ser manejada e/ou um diagnóstico dos danos causados à vegetação remanescente após intervenções. Segundo Soares et al. (2006) existem diferentes tipos de inventário florestal, a saber: censo ou inventário 100%; amostragem; temporários; contínuos; exploratório; de reconhecimento e detalhado.

Comumente o inventário florestal é adotado em áreas maiores, onde se utilizam as técnicas de parcelas ou transceptor para determinar quantitativamente a vegetação, sob um critério preestabelecido. O relatório final poderá apontar o volume de lenha gerado, em caso de corte da vegetação, altura média das árvores, DAP médio e espécies mais avistadas. O inventário possibilita a extrapolação das medições para uma área maior que aquela estudada.

Diferença entre o Censo Florístico x Inventário Florestal

O censo florístico, também denominado levantamento florístico, é adotado em áreas pequenas, ou em áreas onde há a necessidade de se conhecer cada indivíduo arbóreo, ou seja, é o Inventário Florestal a 100%. Dessa forma os dados levantados são mais fiéis. Com o censo pode-se levantar, inclusive, vários aspectos particulares de cada árvore. Há também a possibilidade de se calcular o volume rigoroso do rendimento lenhoso.

O censo é muito utilizado quando se quer fazer o manejo sustentável da floresta, onde apenas indivíduos específicos serão suprimidos e/ou explorados, porém pode ser adotado também quando se quer fazer o manejo de um pomar, fragmento de mata ou mesmo de exemplares isolados a serem analisados pelas prefeituras.

Em áreas de florestas com vocação comercial ainda podemos realizar os seguintes inventários: a) inventário pré-corte, b) inventário florestal contínuo, c) inventário para Plano de Manejo, d) inventário de sobrevivência.

A BIOSFERA tem uma equipe altamente qualificada para realizar o seu inventário florestal ou censo florístico. Emitimos relatórios com informações fidedignas à realidade do campo, com análises técnicas que facilitarão suas estratégias para o manejo florestal de sua área. Entre em contato conosco e saiba mais.