Estudo reforça ligação entre estradas e desmatamento na Amazônia

Segunda feira, 18 de agosto de 2014.

Estudo recentemente publicado no jornal de Conservação Biológica (Biological Conservation), confirma e reforça a relação entre a abertura de estradas e o desmatamento na Amazônia brasileira, considerando novos caminhos para a derrubada da mata, com a multiplicação de estradas clandestinas na região.

O estudo identifica que além dos 73.553 km de estradas oficiais contabilizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, existem ainda mais 190.506 km de estradas clandestinas. (Daniel Santini, 2014).

Leia mais no link.

Fonte: Site ((o))eco Data.