Reserva Legal vs Imposto Territorial Rural

    Reserva Legal vs Imposto Territorial Rural

    Quinta-feira, 06 de março de 2014.

    Reserva Legal é a área localizada no interior de uma propriedade ou posse rural, ressalvada a de preservação permanente (APP), representativa do ambiente natural da região e necessária ao uso sustentável dos recursos naturais, à conservação e reabilitação dos processos ecológicos, à conservação da biodiversidade e ao abrigo e proteção da fauna e flora nativas.

    Porcentagem mínima da área total da propriedade deve ser conservada

    Deve ser equivalente a, no mínimo, 20% (vinte por cento) da área total da propriedade e sua implantação deve compatibilizar a conservação dos recursos naturais e o uso econômico da propriedade. (Lei Estadual 14.309/2002).

    O novo Código Florestal brasileiro, Lei 12.651 de 25 de maio de 2012, Art. 12 revê e estabelece as dimensões da área a ser averbada em função da sua localização (Amazônia Legal ou demais regiões do País).

    Art. 12.  Todo imóvel rural deve manter área com cobertura de vegetação nativa, a título de Reserva Legal, sem prejuízo da aplicação das normas sobre as Áreas de Preservação Permanente, observados os seguintes percentuais mínimos em relação à área do imóvel, excetuados os casos previstos no art. 68 desta Lei:    (Redação dada pela Lei nº 12.727, de 2012).

     

    Averbação da reserva legal é imprescindível para isenção do ITR

    O entendimento foi proferido pela Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ao julgar agravos regimentais da Fazenda Nacional e do contribuinte sobre o assunto.

     

    Clique aqui para acessar a matéria na íntegra.